O que é Kubernetes?

Kubernetes ou k8s, para os mais íntimos, é um sistema open-source desenvolvido pela Google para orquestrar containers. Com ele é possível:

 

  • Implantar aplicações completas com um click
  • Escalar aplicações
  • Otimizar o hardware para que seja utilizado somente o necessário
  • Implantar atualizações de forma simples

O kubernetes foi criado numa época em que os containers rodando em um docker host estavam diretamente ligados a ele, sendo extremamente difícil gerenciar vários hosts como um só. O Swarm ainda era um bebê, hoje ambos tem praticamente as mesmas funções sendo a principal dela, gerenciar clusters de containers.

Instalação

Existem diversos modos de instalar o Kubernetes, local, AWS, Google Cloud, Azure e muitas outras. Nesse post irei utilizar o Azure Container Services (ACS) como exemplo.

Para implantar um cluster Kubernetes no ACS, pode ser feito de 3 formas, Powershell, Azure-cli e o portal. Nesse exemplo irei utilizar o azure-cli, para instala-lo basta seguir os passos neste artigo conforme o sistema operacional utilizado.

No console escolhido digite os comandos abaixo para definir qual assinatura será utilizada para criação do cluster

Criar um grupo de recursos para implantar nosso cluster.

Adicione a opção –generate-ssh-keys para deixar que as chaves SSH sejam geradas durante a implantação, isso irá criar um arquivo de par de chaves em .ssh/id_rsa

A criação do cluster demora cerca de 10 minutos. Após isso é possível listar os clusters de um assinatura com o comando:

Conectando ao cluster kubernetes

Para conectar ao kubernetes precisamos do kubectl, e baixar as credenciais do cluster para acessa-lo.

Agora só precisamos ter certeza que está tudo funcionando.


Se desejar podemos diminuir o numero nós utilizando o comando

Acessar o painel do kubernetes


O proxy cria uma conexão segura com o cluster kubernetes, basta acessar o endereço: http://localhost:8001/ui

Painel do Kubernetes

Num próximo post, irei detalhar como implantar os containers no kubernetes e alguns conceitos de funcionamento. Até a próxima!